www.bolanaredecn.com

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Zico volta a criticar Gilmar e questiona Dunga: "Devia se preparar melhor"



O bate-boca público com Gilmar Rinaldi ainda não chegou ao fim. Depois de o coordenador de seleções da CBF prometer interpelá-lo na Justiça, em entrevista ao Extra, Zico rebateu novamente reafirmando insinuações sobre conflito de interesses do ex-empresário com cargo atual. O Galinho de Quintino, no entanto, também apontou seu alvo para Dunga, após a precoce eliminação do Brasil na Copa América do Chile, diante do Paraguai, nas quartas de final. Em evento no Rio, o maior ídolo do Flamengo orientou o treinador da Seleção a se preparar melhor para o cargo e se mostrou contrariado a respeito das declarações sobre equipes que não foram campeãs pela equipe nacional.  
- Ele deveria sempre se preparar melhor, mas sempre fica com rancores, fala de gerações anteriores que foram perdedoras. Ele tem que curtir a vida, o que ganhou, o que tem pela frente, a responsabilidade que tem... Essa é a função dos treinadores. Passar uma borracha no passado. Não pode ficar se remoendo quando acontece algo desagradável. Tem muita gente que dignificou o futebol. Eu falo o que sinto e o que acho - disse na noite desta segunda-feira.  
Ele deveria sempre se preparar melhor, mas sempre fica com rancores, fala de gerações anteriores que foram perdedoras. Ele tem que curtir a vida, o que ganhou, o que tem pela frente a responsabilidade que tem...
Zico manteve o discurso de questionamento ao fato de Gilmar Rinaldi, um ex-empresário, exercer cargo de poder na CBF. O ex-jogador relembrou a passagem do dirigente pelo Flamengo, no início dos anos 2000, e levantou dúvidas sobre os méritos para o ex-goleiro ter sido escolhido para função.
O Galinho de Quintino falou ainda da dependência da equipe de Dunga de Neymar. Sem o jogador do Barcelona, o Brasil se mostrou frágil mesmo diante de rivais sem tanta tradição. Zico se mostrou preocupado com o desempenho do Brasil nas eliminatórias para Copa de 2018, que começam em outubro. 
Globoesporte.com

Nenhum comentário: