www.bolanaredecn.com

domingo, 2 de agosto de 2015

ATENÇÃO - Vídeo mostra deputado potiguar sendo levado ao chão em abordagem da PRF

O blog Jair Sampaio recebeu um vídeo (exclusivo) que mostra parte da ação da PRF em abordagem ao deputado estadual Carlos Augusto Maia, na BR-427, entrada leste de Caicó.
As cenas mostram nitidamente o parlamentar sendo levado ao chão ao reagir à abordagem, pois segundo à instituição, Carlos Augusto não deixara seu motorista se submeter ao bafômetro.
O vídeo foi gravado com um celular por um popular do bairro Itans, que pede para não ser identificado.
Fonte: Jair Sampaio


Caicó: Deputado Carlos Augusto Maia é conduzido à Delegacia por desacatar PRFs

O deputado estadual Carlos Augusto Maia foi conduzido para a Delegacia de Plantão em Caicó na primeiras horas da manhã deste sábado (01). Ele estava saindo da festa de Aviões do Forró no clube AABB, quando os policiais abordaram seu carro em uma blitz. O detalhe que é Carlos Augusto, não estava dirigindo.
Os policiais pediram para que o motorista saísse para fazer o teste de bafômetro mas, o parlamentar não permitiu. Teve início então uma discussão e, segundo os PRFs, Carlos Augusto, teria desacatados os agentes. As informações foram confirmadas ao Blog Sidney Silva, pelo chefe do NUCOM da PRF/RN, Inspetor Roberto Cabral.
Conduzido para a Delegacia, o Delegado Helder Carvalhal, titular da Regional foi chamado para realizar os procedimento.
Em contato com o Blog Sidney Silva, o delegado Carvalhal disse que pretende fazer os procedimentos e encaminhar para o MPF e Justiça Federal, mas, por causa da imunidade parlamentar, Carlos Augusto, não pode ficar preso.

Deputado Carlos Augusto emite nota lamentando abordagem policial em Caicó

Sobre o incidente ocorrido na madrugada deste sábado (01), em Caicó, o deputado estadual Carlos Augusto Maia, do PT do B, declarou que não estava ao volante e que seu motorista não estava alcoolizado, conforme revelou o bafômetro, e que todos os documentos do veículo assim como do motorista estavam em conformidade com as leis de trânsito.
Carlos Augusto diz que respeita o trabalho realizado pela PRF, mas não concordou com a abordagem adotada pelos agentes, na ocasião, e, como cidadão, achou que deveria questioná-la. Questionamento esse que foi mal recebido pelos policiais.
O parlamentar lamenta que a abordagem a pessoas públicas esteja sendo usada para promover de forma irresponsável o trabalho deles. Ele acredita que o trabalho já tem o respeito da população e dispensa esse tipo de artifício.
De todo modo, Carlos Augusto defende que a população questione sempre que o serviço público esteja sendo prestado diferente de como deve ser.

Nenhum comentário: