www.bolanaredecn.com

quarta-feira, 7 de outubro de 2015



BOMBA! São Paulo surpreende e "rouba" Doriva da Ponte Preta

O treinador concederá entrevista coletiva na Ponte Preta nas próximas horas comunicando sua saída


São Paulo, SP, 07 (AFI) – Doriva (foto abaixo) será o substituto do colombiano Juan Carlos Osorio noSão Paulo. O treinador vinha fazendo boa campanha à frente da Ponte Preta no Campeonato Brasileiro, mas foi seduzido com o projeto do clube por qual atuou quando jogador na década de 90.


O clube campineiro confirmou a saída do treinador em nota oficial na tarde desta quarta. Doriva acertou pela manhã com o Tricolor e logo após o almoço pediu reunião com o gerente de futebol, Gustavo Bueno. Ele já se despediu do elenco da Macaca e chegará a São Paulo até o final do dia.
“O técnico Doriva comunicou a direção da Ponte Preta na tarde desta quarta-feira (07), que está deixando o comando da equipe. O treinador aceitou o convite feito pelo São Paulo Futebol Clube e já se despediu do elenco alvinegro”, informou a Ponte em nota divulgada em seu site oficial.
Ao todo foram 15 jogos, com seis vitórias, cinco empates e quatro derrotas, atingindo 51,11% de aproveitamento no time de Campinas. Retrospecto que livrou a Macaca do perigo do rebaixamento e a colocou na nona posição e com possibilidades de brigar por uma vaga na Libertadores do ano que vem.
O nome de Doriva vinha sendo especulado com o do uruguaio Diego Aguirre, desempregado desde que deixou o Internacional. Sua saída da Ponte ganhou força na noite de terça-feira, quando o treinador ‘deu balão’ no programa esportivo Cartão Verde, da TV Cultura. Provavelmente por estar negociando com o time do Morumbi. Atitude que irritou a todos do programa.
DORIVA E SÃO PAULO
Doriva foi jogador do São Paulo na década de 90 e teve a primeira chance entre os profissionais com Telê Santana. Foi no Morumbi que conquistou os principais títulos da sua carreira, entre eles a Libertadores de 93, a Recopa Sul-Americana em 93 e 947, a Supercopa Libertadores de 93 e o Mundial de Clubes no mesmo ano.

O ex-pontepretano também jogou pela Seleção Brasileira. Foram 14 jogos, sendo 11 vitórias, dois empates e uma derrota. Encerrou a carreira de jogador em 16 de janeiro de 2008. Como treinador foi campeão Paulista pelo Ituano em 2014 e depois dirigiu Atlético-PR e Vasco

Nenhum comentário: