www.bolanaredecn.com

sexta-feira, 9 de outubro de 2015


Campeonatos estaduais estão ameaçados , afirmam dirigentes


A exigência de apresentação de certidões negativas de débito até 10 dias antes das competições oficiais, o que já vai valer em 2016, pode inviabilizar vários campeonatos estaduais. É o que afirmam alguns presidentes de federações de futebol, respaldados por análise feita pela CBF. "Não posso fazer um torneio com um só clube, no caso o Botafogo, o único com CNDs no meu Estado", disse Amadeu Junior, da Paraíba. 
Para Evandro Carvalho, de Pernambuco, a situação é grave e tem de ser enfrentada o mais rápido possível. "Eu consigo quatro clubes em condições de atender à lei neste momento. Fica difícil." No Maranhão, Antônio Americo também prevê problemas. "Tinha de ter uma carência e essa exigência só valer a partir de 2017. Para agora, não tem como. Não teria clubes para a disputa do próximo Estadual."
De acordo com Mauro Carmélio (CE) e José Vanildo (RN), o governo federal precisa rever esse ponto na Lei 13.155, sancionada pela presidente Dilma Rousseff, em 4 de agosto. "Temos de lembrar que em alguns Estados há duas e até três divisões. Vai ser uma debandada de clubes se nada mudar, comentou Carmélio. "Assim, não há como viabilizar os Estaduais. Não foi dado tempo hábil para que os clubes se adequassem às mudanças", disse Vanildo. A CBF pediu a cada federação um relatório sobre a situação local. Quer expor ao governo federal a necessidade de alterações no Profut (Programa de Modernização da Gestão e de Refinanciamento Fiscal do Futebol Brasileiro), criado pela Lei 13.155. 
Fonte: Portal no Ar

Nenhum comentário: